Configurar roteamento dinâmico com RIP

O Protocolo de Roteamento Dinâmico RIP (Routing Information Protocol) foi criado com o objetivo de oferecer informações sobre o roteamento e acessibilidade de suas redes locais. Foi desenvolvido pela Xerox Corporation no início dos anos 80, para ser utilizado nas redes XNS (Xerox Network Systems).

Hoje em dia é o protocolo intradomínio mais comum, sendo suportado por praticamente todos os fabricantes de roteadores e disponível na maioria das versões recentes do sistema operacional UNIX.

Systems), hoje em dia é o protocolo intradomínio mais comum, sendo suportado por praticamente todos os fabricantes de roteadores e disponível na maioria das versões recentes do sistema operacional UNIX.

Neste tutorial iremos trabalhar com a seguinte topologia:

  • 1 servidor com IP 172.16.0.100 /16
  • 2 roteadores
  • 1 PC com IP 10.0.0.10 /24
  • 1 PC com IP 20.0.0.20 /24

Na prática ficará assim:

As interfaces GigabitEthernet 0/0 dos roteadores estarão conectadas diretamente aos PC’s com suas respectivas redes, enquanto as interfaces GigabitEthernet 0/1 estarão ligadas ao switch da rede 172.16.0.0 /16.

Defina o IP estático dos PC’s e do Servidor de acordo com a topologia apresentada.

  • PC0 – 10.0.0.10   255.255.255.0    Gateway: 10.0.0.1
  • PC1 – 20.0.0.20   255.255.255.0    Gateway: 20.0.0.1
  • Server0 – 172.16.0.100   255.255.0.0    Gateway: 172.16.0.20

Em seguida defina os IPs do Router0:

E os IPs do Router1:

Não esqueçam de ligar as interfaces ethernet com o comando “no-shutdown”

Realize um ping das estações nos gateways para testar sua configuração.

Agora vamos configurar o protocolo RIP nos roteadores para que todas as redes possam se comunicar. No modo de configuração global do Router0 digite:

Logo em seguida devemos informar as redes conhecidas que queremos rotear:

Após informarmos as redes, devemos definir se usaremos a versão RIPv1 ou RIPv2, no nosso caso utilizaremos a v2.

No Router1 repetiremos os mesmos passos, porém, informando as respectivas redes:

Após finalizar a configuração, realize um ping de um PC a outro, é normal que haja perca dos primeiros pacotes.

Se houver resposta, significa que foram realizadas com sucesso todas as configurações.

Com o protocolo RIP você consegue configurar roteamento entre diferentes routers como: TP-Link, PfSense, etc…

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *